Importância da Mineração: Construções

Desde a antiguidade, o homem utiliza os recursos minerais. E em nosso dia a dia, estamos cercados desses elementos advindos da mineração, principalmente em se tratando das construções. O tijolo, por exemplo, é fabricado a partir da argila, nas paredes ainda contém calcário (em forma de cimento) e quartzo (areia), presentes também em vigas e pilares, juntamente com basalto (brita) e o ferro (vergalhões).

 

Os agregados, termo utilizado para se referir a matéria-prima mineral bruta ou beneficiada de emprego imediato para a indústria da construção civil, são os insumos minerais mais consumidos no mundo. Uma das características desse setor mineral é o emprego de um imenso volume desses agregados, que são constituídos basicamente de areia e rocha britada. Minerações tradicionais de agregados são os portos de areias e as pedreiras.

 

Existem dois tipos de materiais que podem ser usados nas construções: os que devem ser tratados quimicamente, como cimento, e os encontrados na natureza, como areia. As propriedades físicas e químicas dos agregados e das misturas ligantes são determinantes para a qualidade das construções. O Cimento Portland, tipo de cimento mais utilizado no mundo, é composto, em média, por 42% de brita, 40% de areia, 10% de cimento, 7% de água e 1% de aditivos químicos. Por conta do seu custo-benefício e por serem os recursos minerais de mais fácil acesso a população, a possibilidade de substituição da areia e brita por outros produtos naturais ou industrializados é inviável.

 

No Brasil, grande parte da extração e produção de areia é realizada em leitos de rios, sendo geralmente comercializada da mesma forma que é extraída. O estado de São Paulo é maior produtor brasileiro, responsável por 39% da produção nacional. Um dos principais usos da areia na construção civil são: como agregado para concreto, argamassa, filtros, abrasivos, artefatos de concreto e pré-fabricados, bases de pavimentos de concreto e asfalto, na produção de vidros, entre outros.

A liga ferro-carbono (aço inoxidável), tem como uma das principais características resistência e durabilidade, atribuídas à adição do cromo (11% na composição), além de uma aparência elegante e moderna. Esse tipo de aço é muito utilizado em revestimentos, elevadores, pias, pisos e demais itens mobiliários urbanos, pois mantém sua aparência original por muito tempo e não necessita de nenhuma proteção contra corrosão. Além dessas vantagens, as diversas jazidas de minerais de ferro são em sua maioria suficientemente ricas, puras e fáceis de explorar, além da possibilidade de reciclar a sucata.

 

Os países que mais consomem agregados são os que mais investem em obras de infraestrutura e, consequentemente, são os que proporcionam uma melhor qualidade de vida para a população. Por esse motivo, o consumo de agregados per capita pode ser utilizado como um confiável indicador do nível socioeconômico de uma nação (ANEPAC 2017, USGS 2017).

Por: Fernanda Alexandria e Letícia Dupont

Contato

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Agronomia  

91509-900

Prédio 43427                         

Porto Alegre - RS

Copyright 2015 © EJMinas. Todos os direitos reservados.

contato@ejminas.com

+55 51 9 9707 3878

  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle
EJMinas - Consultoria em Mineração