A importância da Topografia na Mineração

     A Topografia consiste em determinar uma superfície, seus contornos, relevo, acidentes geográficos naturais ou não, detalhes internos (como vegetação, riachos ou edificações), definindo a situação, limites da propriedade e a localização de cada uma das características levantadas. Distâncias, horizontais e verticais, e ângulos entre diferentes pontos são levantados a partir de métodos e instrumentos, que se designam a efetuar a representação do terreno sobre uma superfície plana denominada de plano topográfico.

    A Topografia na mineração é utilizada para realizar os trabalhos de pesquisa e lavra necessários a efetivar a produção do minério, com sua extração efetiva da mina. Todas as obras de mineração no subsolo e na superfície devem ser levantadas topograficamente e representadas em plantas adequadas.

     Na pesquisa mineral a topografia é necessária em alguns pontos como na abertura de picadas para mapeamento geológico, piqueteamento para métodos geofísicos terrestres e locação de furos de sondagem.

     Já na etapa de lavra mineral, tanto a céu aberto quanto subterrânea, ela é de grande e indispensável utilidade, visto que é de extrema importância para abranger aspectos de segurança, permitindo representar através de plantas específicas a situação exata do terreno a ser explorado.

      De acordo com as Normas Regulamentadoras da Mineração (NRM), não é permitido iniciar qualquer trabalho de desenvolvimento de uma mina sem os levantamentos topográficos de sua área. Ainda, são obrigatórias a elaboração e a atualização periódica das plantas levantadas.

As NRM sobre Topografia de Minas podem ser encontradas no site do DNPM através do link 

 

Topografia na mineração à céu aberto:

     Na mineração a céu aberto a topografia atua sobre uma diversidade de atividades, permitindo que o processo de lavra e execução seja realizado da forma mais segura possível. Dentre essas atividades podemos citar o acompanhamento de instabilidades de taludes, as marcações e atualizações de avanço de lavra, locações para perfurações, demarcações do depósito de minério e estéril, locações de projetos (obra civil, rampa de acesso, etc), demarcações de AVS (Área de Supressão Vegetal), entre outras atividades, garantindo ao máximo que as dimensões previamente estabelecidas nos testes litológicos sejam respeitadas.

 

Topografia na mineração subterrânea:

      Na mineração subterrânea a topografia está prevista na Legislação e determinações do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral). A topografia é utilizada para determinar a delimitação das galerias em referência a um poligonal na superfície através do transporte de coordenadas, que é essencial para cálculos de cubagem e futuras projeções de galerias. Outras atividades que a topografia é utilizada é para o correto dimensionamento das galerias para o trânsito de veículos em seu interior, direcionamento das frentes de lavra, mapeamento da mina em 3D e atualizações constantes das configurações da mina.




 

Referências:

http://topografiamineracao.blogspot.com.br/

http://tecnicoemineracao.com.br/topografia-de-minas/

http://tecnicoemineracao.com.br/topografia-na-mineracao/

http://www.dnpm-pe.gov.br/Legisla/nrm_17.htm

Contato

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Agronomia                                         contato@ejminas.com

91509-900

Prédio 43427                                                                                    +55 51 9 9396 5763

Porto Alegre - RS

Copyright 2015 © EJMinas. Todos os direitos reservados.

  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle
EJMinas - Consultoria em Mineração